BRF domina altas no acumulado da semana; techs caem até 25% – últimas notícias – Empregonews
Site Overlay

BRF domina altas no acumulado da semana; techs caem até 25%

As units do Banco Inter encerraram a sexta-feira (07) em forte alta, liderando a lista dos papéis que mais se valorizaram no Ibovespa.

A Raízen também saltou no último pregão da semana em meio à aprovação de um programa de recompra de ações. Os papéis de Vale, siderúrgicas e Petrobras encerraram com ganhos em dia positivo para as empresas ligadas as commodities, assim como os “bancões“.

Na outra ponta, os papéis de Lojas Americanas ficaram com as maiores baixas do indicador.

Fora do Ibovespa, os papéis do Banco Modal dispararam, após notícia de aquisição pela XP Investimentos.

No acumulado da semana, a BRF ficou com a maior alta do Ibovespa (ao subir 9,24%), enquanto as companhias de tecnologia dominaram as baixas do pregão, com a Locaweb ficando com maior queda do período (recuo de 24,75%). Confira os destaques do dia e da semana:

Banco Inter

As units do Banco Inter (BID11) subiram 15,46%, para R$ 26,73, na liderança das principais altas do Ibovespa. Na semana, porém, os papéis acumularam queda de 6,44%, impactados pelo aumento na curva de juros, o que tende a pressionar as companhias ligadas à tecnologia e com alto potencial de crescimento.

Raízen

Os papéis da Raízen (RAIZ4) saltaram 15,46%, para R$ 26,73 em meio à aprovação de um programa de recompra de até 40 milhões de ações pela empresa.

Vale e siderúrgicas

Vale (VALE3), Usiminas (USIM3 USIM5). CSN (CSNA3) e Gerdau (GGBR3) finalizaram o pregão com ganhos.

“As ações das mineradoras seguiram refletindo o avanço no preço do minério de ferro negociado em Qingdao, na China, que hoje subiu pelo sétimo dia consecutivo e acumulou ganhos de 6,02%”, acrescentou Alexsandro Nishimura, economista, head de conteúdo e sócio da BRA.

TickerCotação em R$Variação em %USIM514,684,78USIM313,744,89CSNA324,124,24GGBR427,430,88VALE3845,82

Petrobras e PetroRio

A PetroRio (PRIO3) avançou após divulgar dados operacionais de dezembro e em meio à elevação do preço-alvo das ações pelo Credit Suisse. Já os papéis de Petrobras (PETR3 PETR4) tiveram uma alta mais amena. “A Petrobras acompanhou a alta do petróleo no mercado internacional, que se sustentou por crises que ameaçam a oferta da commodity no Cazaquistão e na Líbia, além da reafirmação de venda de 100% da participação da estatal na Braskem”, explicou Alexsandro Nishimura, economista, head de conteúdo e sócio da BRA.

TickerCotação em R$Variação em %PETR428,180,46PETR330,830,82PRIO319,824,54

Bancos

As ações de Itaú e Banco do Brasil também encerraram o dia no azul:

TickerCotação em R$Variação em %BBDC420,231,45BBDC316,750,42ITUB422,632,21ITUB320,071,57BBAS328,630,1

Americanas

Quem dominou as quedas do Ibovespa foram as ações da Americanas (LAME4) e (AMER3):

TickerCotação em R$Variação em %LAME4-5,445,21AMER3-5,3327,7

Banco Modal

Fora do Ibovespa, o Banco Modal (MODL11) disparou 44,91%, para R$ 12,10. O avanço ocorre após a XP informar nesta sexta-feira (07) que assinou um acordo para incorporar 100% da instituição financeira. Como forma de pagamento, a XP vai emitir 19,5 milhões ações, o que representa um prêmio de 35% sobre a média de preço dos trinta dias do Banco Modal, segundo as companhias. Os papéis da XP, por sua vez, negociados em Nova York, subiram 2,40%.

Análise semanal

Na análise semanal, as companhias de tecnologia dominaram as baixas do Ibovespa.

ATIVOREGVARSEMLWSA3-24,7POSI3-24,4VIIA3-20,57CASH3-19,44SOMA3-17,52

Enquanto na outra ponta, BRF, bancos e Vale predominaram as maiores altas.

ATIVOREGVARSEMBRFS39,24ITUB48,1VALE37,75BRAP46,68BBDC45,4

Veja também