Ibovespa oscila em queda após revisão do PIB dos EUA; dólar passa a subir – últimas notícias – Empregonews
Site Overlay

Ibovespa oscila em queda após revisão do PIB dos EUA; dólar passa a subir

Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, oscila nesta quinta-feira (25), enquanto o dólar mudou de sentido e passou a operar em alta sobre o real.

Por volta das 13h20, o Ibovespa subia 0,07%, aos 112.980 pontos. Já o dólar subia 0,21%, negociado a R$ 5,1225.

Economia dos EUA

Dados desta quinta-feira mostraram que a economia dos Estados Unidos contraiu a um ritmo mais moderado do que inicialmente se pensava no segundo trimestre, apoiada pelos gastos dos consumidores.

Além disso, o foco de investidores segue no simpósio anual de Jackson Hole, um encontro de banqueiros centrais organizado pelo Federal Reserve (Fed), o BC dos Estados Unidos. O chefe da instituição, Jerome Powell, fará discurso no evento na sexta-feira.

As falas de Powell e de outras autoridades serão avaliadas em busca de sinais sobre os próximos passos da política monetária nos Estados Unidos (ou seja, o rumo da taxa de juros no país), disseram estrategistas da Travelex, ressaltando que a expectativa pelas indicações da conferência pode elevar a volatilidade nos mercados.

A maior parte dos investidores espera que o Fed reforce uma mensagem dura no combate à inflação (ou seja, indique que os juros devem continuar subindo com força), apesar de dados referentes a julho terem mostrado inalteração dos preços ao consumidor dos EUA, um alívio em relação à disparada de 1,3% de junho.

“A questão a ser respondida agora é como o Fed vê essa desaceleração (da inflação)”, disse a Levante Investimentos em relatório. “Se a percepção do banco central americano for de que é apenas uma queda pontual, isso vai significar uma continuidade da elevação dos juros e do aperto na política monetária.”

O dado do PIB divulgado nesta quinta, com queda menor que a expectativa, pode se somar à lista de argumentos a favor de manutenção de uma postura de política monetária agressiva por parte do Fed.

Cenário interno

No Brasil, participantes do mercado continuavam monitorando o noticiário eleitoral, e devem ficar atentos à participação de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), líder nas pesquisas de intenção de voto para a presidência, em sabatina no Jornal Nacional na noite desta quinta-feira.

Bolsas mundiais

Wall Street

Os principais índices de Wall Street tinham alta nesta quinta-feira, apoiados por ações de crescimento de megacapitalização e bancos.

Às 11:45 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,98%, a 4.181,30 pontos, enquanto o Dow Jones subia 0,47%, a 33.124,97 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 1,31%, a 12.594,61 pontos.

Ásia e Pacífico

O índice acionário de referência de Hong Kong registrou nesta quinta-feira um grande salto, enquanto as ações da China também subiram, impulsionadas pelas novas medidas de estímulo econômico do governo chinês e por uma pausa nas perdas do iuan.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,58%, a 28.479 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 3,63%, a 19.968 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,97%, a 3.246 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,83%, a 4.116 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,22%, a 2.477 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,87%, a 15.200 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,44%, a 3.247 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,71%, a 7.048 pontos.

*Com informações da Reuters.

Veja também