Magalu, Americanas, Vale e Petrobras recuam – últimas notícias – Empregonews
Site Overlay

Magalu, Americanas, Vale e Petrobras recuam

As ações da petroqúimica Braskem lideravam as altas do principal indicador da B3, o Ibovespa, na tarde desta sexta-feira, após a petroleira Petrobras e a empresa de engenharia Novonor (ex-Odebrecht) anunciarem o adiamento da venda de suas participações na companhia.

Na outra ponta, os papéis das varejistas Magazine Luiza, Americanas e a empresa de logística ferroviária Rumo tinham as maiores quedas do indicador.

A Petrobras, que subia na hora do almoço, passou a registrar recuo, assim como a mineradora Vale. Os papéis das gigantes chegaram a contribuir para o avanço do índice, que virou e passou a operar em queda. Confira os destaques registrados por volta das 14h30:

Braskem

O papel preferencial da Braskem (BRKM5) avançava 8,62%, negociado a R$ 50,52. Na máxima do dia, chegou a valer R$ 51,55, valorização de 10,83%, ante o pregão da véspera. A alta ocorre após a Petrobras (PETR3PETR4) e a Novonor adiaram a venda de suas participações na petroquimica. As empresas informaram que a decisão foi tomada devido à instabilidade das condições do mercado de capitais, que resultaram, neste momento, em níveis de demanda e preço não apropriados para a conclusão da transação.

Petrobras e Vale

O papel preferencial da Petrobras (PETR4), que subia mais de 1% pela manhã, passou a cair 1,36%, a R$ 33,40. Já a Vale (VALE3) reverteu a alta de mais cedo e passou a recuar 0,82%, para R$ 83,77. O petróleo e o minério de ferro caminham para fechar mais uma semana em alta, o que ajudou a puxar durante o período da manhã os papéis das empresas ligadas as commodities. 

De acordo com informações da Reuters, o minério de ferro de Dalian subiu mais de 7% nesta sexta-feira e estava a caminho de registrar seu maior ganho semanal desde meados de dezembro, impulsionado por uma combinação de esperanças de que a flexibilização monetária intensificada da China estimularia a demanda e os temores sobre as perspectivas de oferta apertada.

Varejistas

As ações da Magazine Luiza (MGLU3) caíam 5,82%, a R$ 6,80, liderando as baixas do Ibovespa, enquanto os papéis da Americanas (AMER3) recuavam 4,60%, a R$ 31,93.

Rumo

A empresa de logística ferroviária Rumo (RAIL3) cedia 4,68%, para R$ 15,88.

Intermédia e Hapvida

A operadora de plano de saúde NotreDame Intermédica (GNDI3), que chegou a recuar mais de 4% pela manhã, subia 0,39%, a R$ 68,64, enquanto a Hapvida (HAPV3), que também cedia mais cedo, passou a registrar avanço de 0,33%, a R$ 12,15. De acordo com a agência Reuters, o movimento ocorre após leilão de ações da Intermédica pela manhã. Segundo o aviso de início do leilão, um acionista estava vendendo 18 milhões de ações da companhia. As duas empresas estão em processo final da combinação de negócios.

Veja também