Vale sobe e Ânima dispara em dia de fortes quedas; Locaweb e Méliuz despencam – últimas notícias – Empregonews
Site Overlay

Vale sobe e Ânima dispara em dia de fortes quedas; Locaweb e Méliuz despencam

Poucas ações do Ibovespa registravam alta por volta das 13h30 desta terça-feira (30), dentre elas a VALE3.

A queda generalizada da B3 ocorre após o presidente-executivo da farmacêutica Moderna alertar que as vacinas contra a covid-19 existentes não seriam tão eficazes contra a variante ômicron do coronavírus quanto são contra a delta. Locaweb e Méliuz estavam entre as principais quedas.

Fora do Ibovespa, e na contramão dos principais ativos da bolsa, os papéis da Ânima disparavam após a companhia anunciar a venda de 25% de sua subsidiária para a DNA Capital. Confira os destaques registrados por volta das 13h30:

Méliuz e Locaweb

A Locaweb (LWSA3) tinha baixa de 9,13%, para R$ 13,33, e a Méliuz (CASH3) caía 8,81% para R$ 3, dentre as principais baixas do Ibovespa.

Vale

Na contramão, a Vale (VALE3) subia 0,35%, para R$ 69,74, enquanto as siderúrgicas caíam. Veja abaixo:

Ticker Preço em R$ Variação em %USIM513,62-0,58CSNA321,91-2,8GGBR425,78-0,08VALE369,740,35

Ânima

A Ânima (ANIM3) subia 13,61%, para R$ 7,69. Na máxima do dia até ás 13h30, as ações da empresa chegaram a valer R$ 8,14, o que representa uma alta de 20,41% em relação ao pregão da véspera.

A alta ocorre após a companhia informar a venda de 25% na Inspirali, que é a sua subsidiária voltada para a educação médica, para a gestora DNA Capital por R$ 1 bilhão. Os recursos serão direcionados para a expansão orgânica, aquisições e investimentos mais pesados em tecnologia na Inspirali.

De acordo com a análise da Levante Investimentos o aporte financeiro da DNA também terá a função de reduzir o endividamento da Ânima, que hoje gira em torno de 4,1 vezes o lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês), valor que aumentou consideravelmente por conta da aquisição da Laureate Brasil, no valor de R$ 4,4 bilhões.

Na visão da Levante, o aporte do fundo DNA na Ânima deve destravar valor para a companhia, alavancando seu crescimento em medicina.

“Como o DNA Capital possui forte expertise em healthcare, assim, a transação deve trazer impactos positivos para a Ânima, de forma que espera-se uma reação positiva nas ações ANIM3 no curto prazo”.

Veja também